Document
PATROCINADORES

CVM multa Eike Batista por usar informação privilegiada

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) multou nesta segunda-feira (27) o empresário Eike Batista em R$ 536 milhões e o proibiu pelo período de sete anos de assumir cargos administrativos ou conselhos de empresas de capital aberto. Segundo a CVM, Eike, enquanto esteve à frente das empresas OGX Petróleo e Gás Participações S.A., manipulou preços para benefício das companhias, ao vender mais de R$ 330 milhões em ações já sabendo que as empresas não conseguiriam explorar os campos de petróleo que comandavam.

Por que é importante

Segundo a CVM, Eike Batista detinha informações negativas sobre os negócios que só seriam divulgadas no futuro

Quem ganha

A transparência no mercado de ações e os investidores, que têm mais segurança para investir na bolsa

Quem perde

Eike Batista

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.