PATROCINADORES

Caixa escolherá vice-presidentes
no mercado

A Caixa Econômica Federal fará uma reestruturação administrativa e na gestão de capital, numa das mais profundas transformações da história do centenário banco estatal, enfraquecido por décadas de uso político e denúncias de corrupção. O pacote de medidas aprovado pelo conselho de administração na terça-feira (23) prevê a profissionalização do quadro de vice-presidentes e o provável encolhimento do banco, com a venda de carteiras de crédito, como parte do processo de enquadramento às regras de capital de Basileia III, que entra em vigor em 2019.

Por que é importante

As medidas vêm na esteira do afastamento de quatro vice-presidentes da Caixa por suspeita de envolvimento em irregularidades investigadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público em desdobramentos da operação Lava Jato

Quem ganha

A gestão da Caixa, que passará a ser mais técnica e menos política

Quem perde

Políticos com influência no banco. Todas as 12 cadeiras de vice-presidente da Caixa passarão a ser ocupadas por profissionais de mercado

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − três =

Pergunte para a

Mônica.