PATROCINADORES

Caixa aprova estatuto mais rígido para seleção de dirigentes

A assembleia geral extraordinária da Caixa aprovou na manhã desta sexta-feira (19) um novo estatuto com regras mais rígidas para escolher novos dirigentes. A seleção dos vice-presidentes passará pela análise de uma consultoria especializada em recrutamento de executivos. Os nomes dos indicados serão avaliados e aprovados pelo Banco Central. A nomeação do presidente da Caixa seguirá a cargo do presidente da República.
Leia também:
Mudanças na Caixa é novo entrave na aprovação da Previdência

Cunha diz que Temer indicou dirigente afastado da Caixa

Caixa nomeia substitutos interinos para vices afastados

Relatório diz que vice da Caixa atendia Temer e Moreira

Temer afasta vice-presidentes da Caixa

Por que é importante

O novo estatuto vem em momento de escândalos envolvendo dirigentes do banco. Quatro vice-presidentes foram afastados pelo presidente Temer após recomendação do MPF e do BC

Quem ganha

A Caixa, que terá em sua direção executivos aprovados em processos seletivos mais rigorosos

Quem perde

Políticos, que usavam os cargos em troca de apoio no Congresso

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 2 =

Pergunte para a

Mônica.