PATROCINADORES

Caixa aprova estatuto mais rígido para seleção de dirigentes

A assembleia geral extraordinária da Caixa aprovou na manhã desta sexta-feira (19) um novo estatuto com regras mais rígidas para escolher novos dirigentes. A seleção dos vice-presidentes passará pela análise de uma consultoria especializada em recrutamento de executivos. Os nomes dos indicados serão avaliados e aprovados pelo Banco Central. A nomeação do presidente da Caixa seguirá a cargo do presidente da República.
Leia também:
Mudanças na Caixa é novo entrave na aprovação da Previdência

Cunha diz que Temer indicou dirigente afastado da Caixa

Caixa nomeia substitutos interinos para vices afastados

Relatório diz que vice da Caixa atendia Temer e Moreira

Temer afasta vice-presidentes da Caixa

Por que é importante

O novo estatuto vem em momento de escândalos envolvendo dirigentes do banco. Quatro vice-presidentes foram afastados pelo presidente Temer após recomendação do MPF e do BC

Quem ganha

A Caixa, que terá em sua direção executivos aprovados em processos seletivos mais rigorosos

Quem perde

Políticos, que usavam os cargos em troca de apoio no Congresso

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.