PATROCINADORES

Bolsonaro dá aval para acordo entre Boeing e Embraer

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) indicou que o governo federal não vai se opor ao acordo de fusão entre a Embraer e a Boeing. Bolsonaro tratou do assunto na quinta-feira (10) durante reunião com ministros e comandantes das Forças Armadas. Segundo o presidente, o negócio entre as duas empresas não fere a soberania nacional e os interesses do país. O governo brasileiro detém a chamada “ação de ouro” (“golden share”, como é conhecida), que dá poder de veto a esse tipo de negociação.

Por que é importante

O acordo avaliado em US$ 5,3 bilhões prevê a criação de uma joint venture em que a Boeing irá incorporar a área de aviação comercial da Embraer. A fabricante norte-americana terá 80% da nova empresa

Quem ganha

Os acionistas da Embraer. A empresa busca se manter competitiva no mercado

Quem perde

Parlamentares da oposição, que ainda tentam barrar o negócio na Justiça

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 17 =