PATROCINADORES

Banco Central deve manter a taxa de juros em 6,5% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) se reúne nesta quarta-feira (6) para definir a Selic, taxa de juros básica da economia brasileira. A tendência é que a autoridade monetária mantenha os juros em 6,5% ao ano, mínima histórica, que vigora desde março do ano passado. Após alcançarem o patamar de 14,25% ao ano entre julho de 2015 e agosto de 2016, os juros passaram a cair progressivamente, chegando ao número atual. A expectativa do mercado financeiro é que a Selic mantenha os 6,5% até o final de 2019, segundo o boletim Focus divulgado na segunda (4) pelo BC.

Por que é importante

Essa é a primeira reunião do Copom no governo Bolsonaro e deve ser a última com o atual presidente do BC, Ilan Goldfajn, que será substituído por Roberto Campos Neto

Quem ganha

Investimentos em aplicações de maior risco, mais rentáveis com a taxa mais baixa

Quem perde

Investimentos em títulos de renda fixa atrelados à Selic, que deve permanecer na mínima histórica

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.