Document
PATROCINADORES

Ibovespa e dólar caem em dia de realização de lucros

Em uma quinta-feira (20) marcada pela estabilidade, o Ibovespa voltou a fechar com leve queda, de 0,07%, aos 78.116 pontos. É a segunda baixa seguida do índice, que na quarta-feira (19) interrompeu três altas consecutivas. Entre as cinco ações mais negociadas do dia, apenas as da Vale fecharam em alta: 1,26%, cotadas a R$ 59,32. Fecharam em baixa os papeis preferenciais da Petrobras (-0,55%), Itaú Unibanco (-0,65%), Bradesco (-0,21%) e Suzano (-1,05%). O dólar caiu 1,27%, terminando o pregão em R$ 4,07 – seu menor valor desde o dia 22 de agosto.

Analista da Eleven Financial, Enrico Cozzolino explica as razões para o resultado do dia: “Tem sido difícil para a bolsa superar os 79.000 pontos”, analisa. “Quando o Ibovespa chega perto desse teto, os investidores aproveitam para realizar seus lucros”, completou. Para o especialista, a pesquisa Datafolha divulgada durante a madrugada não teve impacto tão grande no Ibovespa, uma vez que o cenário com Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) à frente já estava precificado pelo mercado. Cozzolino avalia que o índice dificilmente vai ultrapassar os 79.000 pontos durante o período eleitoral.

Por que é importante

O Ibovespa deve continuar consolidado entre 74.000 e 78.000 durante as eleições. O cenário de longo prazo deve ser definido após uma definição do pleito

Quem ganha

As ações da Gol tiveram a maior alta do dia: 5,62%, cotadas a R$ 59,32

Quem perde

As ações da Cielo registraram a maior queda: 5,44%, cotadas a R$ 12,68

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.