PATROCINADORES

Ibovespa dispara e tem seu melhor resultado desde 2016

Impulsionado pela pesquisa Ibope divulgada na noite de segunda-feira (1º), o Ibovespa fechou o pregão desta terça (2) com a maior alta desde o dia 7 de novembro de 2016, ao avançar 3,78%, aos 81.594 pontos – na ocasião, a Bolsa subiu 3,98%. Já o dólar teve sua queda mais acentuada desde junho, caindo 2,09%, negociado por R$ 3,93. As cinco ações mais negociadas do dia fecharam em alta: preferenciais da Petrobras (8,67%), Vale (1,32%), Banco do Brasil (11,41%), Itaú Unibanco (3,85%) e Bradesco (5,88%).

O mercado reagiu bem ao levantamento do Ibope, que mostrou estagnação de Fernando Haddad (PT) no primeiro turno e aumento da rejeição ao nome do petista. No segundo turno, Haddad apareceu numericamente empatado com Jair Bolsonaro (PSL), que viu seu desempenho melhorar no primeiro turno. Analista-chefe da Rico Investimentos, Roberto Indech atribui o resultado desta terça à oposição do mercado ao nome de Haddad. “O Bolsonaro não é exatamente o candidato do mercado, mas os investidores não querem ver o PT novamente no governo”, afirmou. “Nesse contexto, ele acaba sendo o favorito.”

Por que é importante

A subida expressiva do Ibovespa demonstra o grau de rejeição dos investidores ao PT

Quem ganha

As ações ordinárias da Eletrobras tiveram a maior alta do dia: 11,45%, cotadas a R$ 16,55

Quem perde

As ações Suzano tiveram a maior queda do dia: 3,75%, cotadas a R$ 46,20

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 11 =

Pergunte para a

Mônica.