Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Ibovespa dispara e fecha o dia com a terceira maior alta no ano

Ibovespa dispara e fecha o dia com a terceira maior alta no ano

O Ibovespa encerrou o pregão desta terça-feira (21) em alta de 2,76%, aos 94.485 pontos, no avanço mais expressivo para o índice desde 11 de março – e o terceiro maior no ano. O dólar comercial caiu 1,35%, fechando a sessão negociado por R$ 4,05, após quatro altas seguidas.

A bolsa brasileira reduziu suas perdas em maio após o centrão chegar a um acordo com o governo para votar três medidas provisórias (MPs) que corriam risco de caducar. O bloco parlamentar prometeu levar ao plenário na noite desta terça a MP 863, que tira o limite para participação do capital estrangeiro em empresas aéreas, e a 866, que cria uma nova estatal para substituir a Infraero. Na quarta (22), o Parlamento deve votar a MP da reforma administrativa feita pelo governo, que diminuiu o número de ministérios. A notícia agrada o mercado por representar um avanço na relação entre a gestão Bolsonaro e o Congresso Nacional.

As cinco ações mais negociadas do dia fecharam em alta: Vale (1,41%), preferenciais da Petrobras (3,80%), Itaú Unibanco (3,84%), Bradesco (4,12%) e Banco do Brasil (5,71%).

Por que é importante
O resultado desta terça faz o Ibovespa se recuperar da queda registrada na semana passada
Quem ganha
As ações da CSN tiveram a maior alta do dia: 7,99%, cotadas a R$ 16,62
Quem perde
As ações da JBS tiveram a maior baixa do dia: -6,54%, cotadas a R$ 22,44

Envie seu comentário