PATROCINADORES

Estudo do boostLAB detalha avanço dos bancos digitais

O estudo “A Revolução dos Bancos Digitais 2020”, realizado pelo boostLAB, hub de negócios do BTG Pactual para empresas tech, em parceria com a empresa de inovação ACE, mostra que o número de fintechs no Brasil e no mundo cresceu 147% entre 2017 e 2018. O público mais jovem é um dos principais alvos para os serviços, sendo que 32% das pessoas com idade entre 18 e 35 anos utilizam cartões das plataformas. Mesmo os usuários que estão em bancos tradicionais passaram a priorizar os meios digitais para efetuar suas transações. Hoje, 60% delas são feitas on-line, sendo 40% via telefone celular e 60% via internet banking. Entre as transações via celular, o número saltou de 1,7 milhão para 3 milhões no mesmo período – um aumento de 76%. No total, as transações digitais aumentaram 32,69% entre 2017 e 2018. A pesquisa mostra também que os bancos tradicionais ainda dominam o mercado, tanto em tamanho quanto em confiança: 63% têm como primeira opção tais bancos na hora de confiar seus dados financeiros, enquanto 12% preferem os bancos digitais. Apesar disso, os players digitais vêm ganhando cada vez mais espaço no mercado. O Nubank, por exemplo, já tem quase um terço do número de clientes (15 milhões) de um dos cinco maiores bancos brasileiros (46,3 milhões). A economia com taxas de manutenção de contas (53,7%) foi apontado como o principal motivo para os clientes que já adotaram contas digitais.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.