Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Desempenho da NYSE puxa Bolsa brasileira

Desempenho da NYSE puxa Bolsa brasileira

O Ibovespa registrou alta de 2,51% nesta quinta-feira (8), aos 97.919 pontos, interrompendo duas quedas seguidas que compuseram a performance negativa vinda do mês anterior. Foi a maior elevação diária desde 1º de setembro. O dólar caiu 0,62%, cotado a R$ 5,59 no fechamento, após altas sucessivas.

O desempenho foi reflexo direto da alta da Bolsa de Valores de Nova York, a NYSE, que respondeu aos estímulos anunciados de mais US$ 25 bilhões à economia americana, acrescentado ao desempenho dos bancos brasileiros, em especial Itaú Unibanco, Bradesco, Santander e Banco do Brasil, diante das perspectivas de divulgação de resultados animadores no terceiro trimestre.

As cinco ações mais negociadas apresentaram evolução: preferenciais da Petrobras (3,28%), preferenciais do Itaú Unibanco (6,04%), Vale (1,86%), preferenciais do Bradesco (5,14%) e IRB Brasil (20,19%).

Envie seu comentário

um × 1 =