PATROCINADORES

Risco global impede ganhos

O Ibovespa fechou em baixa de 0,16% nesta quarta-feira (22), aos 99.522 pontos. O dólar subiu 0,45%, cotado a R$ 5,17 no encerramento. Os Estados Unidos afastaram os temores de uma desaceleração econômica após o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, dizer ao Congresso que o banco central americano tem a resolução para reduzir a inflação: subir os juros. Com isso, investidores que já vinham preocupados com um aperto monetário agressivo começam a ponderar a possibilidade de recessão no país, mas não a curto prazo. Por aqui, assim como nos EUA e na Europa, o dia foi de alta volatilidade. As negociações oscilaram, mas não seguraram ganhos, somando uma perda de 0,30% na semana. Ainda pesam sobre o índice nacional o impasse do governo sobre a Petrobras, prestes a ter uma CPI instaurada no Congresso.

As maiores alta foram da Méluiz (7,69%) e unitárias do BTG Pactual (5,55%). As baixas, IRB Brasil (-10,60%) e 3R Petroleum (-6,68%). Das cinco ações mais negociadas, quatro apresentaram retração: Vale (-0,86%), preferenciais da Petrobras (-0,30%), preferenciais do Itaú Unibanco (-0,74%), Eletrobras (1,09%) e Banco do Brasil (-0,36%). O volume negociado foi de R$ 23,73 bilhões.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.