Document
PATROCINADORES

Home office por mais dois anos?

O Wall Street Journal deste domingo (22) traz uma reportagem sobre a possibilidade de o trabalho remoto nas empresas americanas durar mais dois anos. Os constantes atrasos na retomada do trabalho nos escritórios podem interferir diretamente na rotina de trabalho daqui para a frente. “Se há uma pequena pausa, as pessoas voltam ao escritório do mesmo jeito que antes – mas o que aconteceu não é exatamente uma pausa”, disse ao WSJ Pat Galsinger, CEO da Intel, que prevê a existência de modelos híbridos de trabalho ou esquemas totalmente remotos. “Não há volta”, acredita ele.

A reportagem cita ainda empresas como Prudential, Apple, Chevron, Wells Fargo, Amazon, Facebook e Lyft como exemplos de companhias que vêm atrasando sistematicamente a volta ao trabalho nos escritórios. O motivo mais recente foi a onda de contaminações provocava pela variante Delta.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.