Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Licenças para bilhões; ferrovias privadas; Casa da Moeda de fora

MONEY REPORT mostra as iniciativas e ideias liberalizantes e modernizadoras ao ambiente de negócios

Concessões podem gerar R$ 160 bi em investimentos até 2026

Foi estimado pela Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib) que os setores de transporte e saneamento devem receber cerca de R$ 160 bilhões em investimentos até 2026, considerando iniciativas de concessão e parcerias público-privada (PPPs) nas esferas federal, estaduais e municipais. A previsão foi divulgada na segunda-feira (6). A Abdib analisou mais de 1,6 mil projetos que já ocorreram ou estão previstos. Do total, a maioria são ativos de blocos de exploração de petróleo e gás ofertados pela União na 17ª rodada de leilões da Agência Nacional de Petróleo (ANP). Entre nos demais, há ferrovias e terminais portuários.

Iniciativa privada autorizada a construir 9 ferrovias

O Ministério da Infraestrutura assinou na quinta-feira (9) a autorização para que seis grupos empresariais possam iniciar a construção de nove ferrovias em diferentes pontos do país. A medida faz parte do Programa Pro Trilhos, que pretende ampliar a malha ferroviária nacional a partir de investimentos privados. O contrato para execução das obras foi assinado pelas empresas Bracell, Ferroeste, Grão Pará, Macro Desenvolvimento, Petrocity e Planalto Piauí. As empresas deverão investir cerca de R$ 50 bilhões e agregar 3,5 mil quilômetros de trilhos à rede existente. As ferrovias vão percorrer os estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Maranhão, Minas Gerais, Espírito Santo, Piauí e Pernambuco. 

___________________________________________

Informe Publicitário

_______________________________________________

Petrobras vende três térmicas à GPE na Bahia

A Petrobras concluiu na segunda-feira (6) a venda das três usinas termelétricas a óleo localizadas em Camaçari, na Bahia. O comprador é a São Francisco Energia, subsidiária da Global Participações em Energia (GPE). A operação foi fechada com o pagamento de R$ 61 milhões à Petrobras, já considerando os ajustes previstos no contrato. A operação estava em andamento desde maio.

Casa da Moeda é excluída do programa de desestatização

O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que acolhe recomendação do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) para excluir a Casa da Moeda do Programa Nacional de Desestatização (PND). A decisão foi promulgada na segunda-feira (6). De acordo com o Ministério da Economia, a medida provisória que encerrava a exclusividade do órgão na fabricação de papel-moeda, moeda metálica, impressão de selos e títulos da dívida pública perdeu sua validade sem ser convertida em lei.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.