PATROCINADORES
PATROCINADORES

Turismo europeu com jeitão de Terceiro Mundo

Nos últimos dias, percebeu-se um legado inesperado da pandemia – a deterioração dos serviços turísticos no Primeiro Mundo. As companhias aéreas, com problemas seríssimos de mão-de-obra, atrasam voos com frequência, deixam aeronaves estacionadas no pátio sem equipe para operá-las e perdem bagagens dos turistas. Os serviços dos aeroportos também foram degradados. Em Londres, na semana passada, uma pane no sistema do aeroporto de Heathrow evitou que milhares de malas fossem embarcadas (sim, os passageiros voaram sem nenhuma bagagem despachada). Essa mancada, no entanto, não está restrita apenas à Inglaterra. O extravio de malas se tornou tão comum que um aparelhinho da Apple para encontrar objetos perdidos virou um best-seller nas lojas de duty-free.

Brasileiros, quando em viagem ao exterior, têm a expectativa de experimentar uma vida diferente, na qual tudo funciona como se fosse um relógio suíço. Aliás, quando falamos na precisão destas geringonças, talvez tenhamos de repensar essa metáfora. No mês passado, por exemplo, o sistema de tráfego dos aeroportos da Suíça sofreu um apagão. O resultado? Milhares de passageiros confinados em Zurique e nos demais aeroportos do país.

Voltando aos turistas que desejam experimentar um cotidiano no qual tudo funciona de forma precisa. Na prática, esses brasileiros têm recebido serviços de Terceiro Mundo em solo europeu. Ou melhor: serviços que deixam o nosso caos aéreo um exemplo de excelência e governança.

Essa balbúrdia generalizada em terras europeias teve origem quando mais de 2 milhões de funcionários perderam seus empregos na aviação e a maioria esmagadora desta mão-de-obra deixou definitivamente o setor. Sem capacidade de repor esses funcionários e com um verão europeu bombando, a barafunda se instalou de vez no Velho Continente.

Nos Estados Unidos, os problemas são bem menores, mas também existem. No aeroporto de Miami, por exemplo, várias esteiras de locomoção dos passageiros (lembremos que as distâncias nestas construções são enormes) estão quebradas e desativadas. O número de técnicos para consertá-las é pequeno e insuficiente para resolver o problema de todo o local. E a imigração? Nunca foi tão difícil entrar na Terra do Tio Sam. Uma espera mínima de 2 horas se tornou rotina.

Falando em imigração, continuamos a ser campeões em ineficiência em um quesito sui generis. Em todos os países do mundo, os cidadãos nativos passam rapidamente pelos boxes da polícia federal ou similares. Aqui no Brasil, porém, portadores de passaportes nacionais têm de esperar uma fila gigantesca no aeroporto de Guarulhos – e, depois, dependendo do horário, amargar outra espera inacreditável, a da Alfândega.

O turismo internacional, pelo jeito, deixou de ser uma forma de desopilar o estresse do dia a dia para se transformar em um caso de perrengue chique para as classes mais altas. Em algumas cidades, como Paris e Roma, são registrados casos de assalto que lembram muito o que vemos nas grandes capitais brasileiras. Há inclusive episódios em que pilantras se oferecem para tirar fotos de casais ou famílias e, na hora de apertar o botão, saem correndo com o telefone celular. Seria cômico se não fosse trágico.

Caso essa confusão continue por muito tempo (e ainda ontem, o aeroporto londrino de Luton, por conta das altas temperaturas, interrompeu as atividades para reparos na pista), talvez seja melhor olhar para as belezas de nosso país, que oferece atrações fabulosas de norte a sul e de leste a oeste – tudo à disposição por preços inferiores aos internacionais e sem metade dos sufocos que os brasileiros estão enfrentando na Europa.

Compartilhe

Comentários

84 respostas

  1. Lamentável e triste 😢. Mas tem o lado bom; curta o Brasil maravilhoso, por custos bem mais em conta e sem atropelos e estressees 🇧🇷😍

    1. Moro na França desde 1997. Fui passar 9 noites em Natal no final do ano passado e foi um horror. Hotel caro e sem qualidade, praias sujas e fedorentas, aeroporto sem infra estrutura, violência nas praias, falta de cuidado em receber turistas. Nunca mais volto aí.

      1. Estou na espanha passando ferias , um horror , estoy info embora e nao volto aquí jamais . Se for falar em aeroporto , inclua o barajas que e uma catástrofe . O mal dos brasileiros e siempre o mesmo , depois que vieram pra Europa , nesses países mequetrefe , que nao tem nada a nao ser turismo , o Brasil nao presta mais.

        1. Obrigado amigo pela franqueza vivemos no planeta terra os limites territoriais foi imposto pelos homens quando vc critica o Brasil vc critica a si mesmos olhando pela ótica que o adjetivos usado por vc é muito negativo então
          usar este termo não presta é muito maldoso não pode ser empregado a nenhum pais pois nosso mundo é belo os humanos são lindos o que muda é a visão das pessoas mal evoluídas…

      2. Fuia a pipa em 2021. Maravilhoso. Tudo otimo. Chora na cama seu rui. É mais quentinho (desculpe o trocadilho com a onda de calor europeia)

        1. Moro na Pipa a 2 anos e estou voltando pra São Paulo. Aqui na pipa 30% é mendigo outros 30 argentino, 20 morador nativo e 20 morador de outros estados. Só pelo tanto de flanelinha você já percebe a pobreza do lugar, aí tem as crianças com folha de coqueiro na mão e os papudim te pedindo dinheiro, cigarro ou o que você tiver. Aqui diverte quem tem dinheiro pra gastar, pra quem é daqui a miséria é companheira de todas as horas.

        2. Pipa é maravilhosa mesmo. Infelizmete as praia de Natal estão deixando muito a desejar. Horrível. Então temos que fugir para as praias no arredores que são incríveis.

      3. Não falou uma mentira. Também estou indo embora do Rio Grande do Norte. É caro e falta qualidade e educação. O nordeste vai fica melhor daqui uns 150 anos.

      4. Fui a França, fui um horror pessoal mal educadas, filas quilométricas pra ver um museu, sujeitas nas ruas e furtos. Muitos franceses arrogantes, fedorentos e com mal hálito. Decepção total.

        1. Fora o tanto de ratos. Tenho amigos franceses que vieram morar no Brasil e não voltam pra França nunca mais. Nosso Brasil é maravilhoso e tem problemas como qqer outro.

          1. Nunca fui até a França, mas imagino que Ratatouille tenha sido inspirado nisso kkk

      5. Se você conhecer as praias de Santa Catarina, nunca vai querer voltar pra Europa. Eu por exemplo, estou hospedado em um hotel excelente e com preço lá embaixo e segurança ótimo. Santa Catarina é mais que primeiro mundo.

      6. E eu fiquei na França semana retrasada e fui assaltada, além de extraviarem minha mala e fui roubada no café em frente a Torre. Duas vezes! E moro na capital São Paulo a mais de 17 anos e NUNCA fui assaltada, morei no Rio e NUNCA fui assaltada…Maa na bela Paris, quase morri. Não volto nunca mais pra essa cidade perigosa, preconceituosa e arrogante

      7. W ainda corrend9 o risco de ser assaltada com violência. Completamente inseguro fazer turismo pelo Brasil. Sinto muito. É a realidade… E não tem chance de melhorar. Se aventurar aqui é uma ida sem volta. Esse negócio que o Brasil é lindo… É Brasil, gente, Brasil é violência, é insegurança, é aterrorizante… Que Deus nos proteja.

      8. Olá! Os portugueses tratoume muito bem principalmente às portuguesas foram muitos educados, tive até despedida quando estava retornando para o Brasil, excelentes refeições, o supermercado pingo doce senti saudades daquelas refeições servida por um tuga linda que até vontade de casar com ela e sei lá trazer pra cá ou morar por aí mesmo, são excelentes pessoas

      9. Falei; nunca mais volto, na última vez que fui a Paris. Suja, fedorenta e com tantos mendigos nas ruas qto no Brasil. E isso já fazem alguns anos. Dizem que está pior……

      10. Mas o problema não é o Brasil, e sim Natal, acabei de chegar de 9 dias lá, e a exploração ao turista está ridicula, e sim, praia suja e feia, pessoas mal humoradas, passeios caríssimo, buracos pela cidade inteira, enfim, viajo mto, e natal foi decepcionante.

    2. Infelizmente, somos um país caro para fazer turismo e sem estrutura nenhuma. Tanto que qq museu de Paris recebe + turista que aqui. O Irã !?!?!?!?!? recebe muito mais turistas que nós. Somos 48o país no quesito de países que recebem turistas

      1. Então!!! Nossos dirigentes desde sempre ignoraram o turismo! Só teimoso para vir para cá! E nem citamos o fator segurança! Aí é melhor nem falar! (Meu pai amado! Só por Deus!)

      2. Além de todos esses problemas apontados por vc, tem a distância da Europa pra cá. E o bom turista europeu, não vem pra abaixo do Equador. Aqui, salvo excessoes, somente os mais humilde. Cada quero igual a 6,00. Aí é festa.

      3. Além de todos esses problemas apontados por vc, tem a distância da Europa pra cá. E o bom turista europeu, não vem pra abaixo do Equador. Aqui, salvo excessoes, somente os mais humildes Cada euro igual a 6,00. Aí é festa.

      4. Infelizmente nosso país não tem consciência turística. Atrativos turísticos temos muitos , nem todos transformados em produtos turísticos. O ministério do Turismo é incipiente. Quem é mesmo o ministro do Turismo ?
        Até Marta Suplicy foi ministra do Turismo…então?

    3. Custos bem mais baratos? Dá uma olhada nos pacotes nacionais e no custos diários. Viajar para dentro do país não tem nada de barato

    4. Isso acontece há qto tempo? Ahhhh nossa!!! Nós sim temos pessoas preparadas para receber a todos. Nada de exploração! Salve,salve a natureza! E se tem algo com estrutura foi porque se espalharam em algo que são best-sellers há quase um século. O know how europeu em fazer turismo de excelência! O Brasil tem que aprender é com o velho mundo sim! O turismo não é só a natureza que foi dada. É fazer um mix de tudo o que é bom e oferecer. E tbm não se pode explorar. Aqui costumam ser bem gulosos qto a isso. O nosso turismo só é de nível qdo é muito caro. E assim não alcança os que aqui querem conhecer. E aos que vão ao exterior, não esquecer que ganhamos em real, e a nossa moeda sempre foi fraca. Então…

  2. Gostaria muito de apreciar nosso Brasil porém os preços das passagens estão exorbitantes oque torna tbm inviável apreciar nossa nação pelos preços das passagens e tanto hospedagem e tbm das lojas turísticas que na alta temporada tentam garantir o ano todo

      1. Muito lamentável tudo isso! Mas dizer que o turismo brasileiro é mais barato não condiz com a realidade. Temos paisagens maravilhosas e preços absurdamente altos.

  3. Tenho lido bastante a respeito deste caos, especialmente no circuito europeu, íamos para Portugal e decidimos esperar um pouco, optamos pela Argentina.
    Agora dizer que os preços por aqui são inferiores , já discordo. Todas as vezes que pesquisamos nossas férias, o nordeste brasileiro é absurdamente salgado. Recentemente uma amiga queria ir com o esposo para terra natal dele, na Bahia a cotação do vôo no dia que ela pesquisou estava no valor de ida e volta para Portugal…

    1. Vá a Portugal sim. Se surpreenderá. Belíssimo por natureza Uma diversidade incrível apesar de territorialmente pequeno. Suas gentes são acolhedora, cozinha e vinhos maravilhosos. Vale muito a pena! Turismo domais barato da Europa. Sugiro abril, maio, junho ou setembro. Vou todos os anos e não troco por outro. Mas isto são gostos… Vá ao interior que é bom demais!

  4. Fiz uma viagem pra Serra Catarinense no início de julho,muito linda, recomendo!
    Paisagens lindíssimas e povo hospitaleiro

  5. Estou remarcando umas viagens com receio. Entregar pra Deus.
    Mas, pra quem já atravessou uma pandemia, o Canal da Mancha talvez seja um achado. Vamos acreditar que vai melhorar.

  6. Recentemente passei 48horas para voltar a minha terra natal. Um vôo que deveria partir de Roma as 6 da manhã com a TAP para Lisboa,voo azul para Campinas,chegando em Navegantes no mesmo dia tornou um pesadelo. Vôo cancelado.remarcado com a.france para Paris, chegando lá foi cancelado também. Dia depois cancelado 2 vezes e todas as conexões. Pesadelo.

  7. Vamos prestigiar nossa América do Sul que tem paisagens.que deixam o velho continente no chinelo. O que muda é a propaganda.

    1. Vocês precisam conhecer Fernando de Noronha em Pernambuco é show, a beleza é encantadora, violência zero, tudo maravilhoso. As pessoas são acolhedoras e tem muita promoção tanto aérea como nas pousadas, é uma experiência inesquecível.

  8. Eu cancelei minha ida a Europa em junho. Graças a Deus e consegui reembolso de tudo. Acho que ainda e cedo para viagens ao exterior. Não me arrependo de ter cancelado

  9. Estou viajando pela Europa desde do dia 6.7.2022 e até agora não tive o dissabores da reportagem…fui de SP para Paris com escala na Suíça e foi tudo tranquilo, rápido e eficiente…sem atrasos. Fomos de trem para Londres e as duas imigracoes foram tranquilas. Só o embarque de trem foi confuso pois não se tinha a plataforma ate 6 minutos antes do embarque de londres para Edimburgo. Agora vou embarcar de Edimburgo na Escócia para Frankfurt…espero que corra tudo bem e esperar 6 horas o voo para o Brasil…

    1. Realmente Sandra. Não e preciso generalizar. Problemas pontuais ocorrem em todo lugar. Mas dizer que viajar pelo Brasil está mais em contas, não reflete a realidade. Estava procurando passagem para porto alegre e achei mas barato ir pra Barcelona. Viajei de Barcelona a Porto, depois fui a Pontevedra e não tive nenhum contratempo. E ainda utilizando o transporte público.

  10. Viajar pelo Brasil seria uma ótima opção. Temos lugares lindos. Porém se não houver uma mudança e uma nas aéreas e tbm com os preços das diárias em hotéis e pousadas. Ficará difícil para nós brasileiros fazermos turismo interno.

    1. No Brasil há hotéis e pousadas ótimas, por valores irrisórios, especialmente fora de temporada, mas tem que saber procurar. Fui a Gramado agora em maio, fiquei em um hotel ótimo, com piscina coberta aquecida, ofurôs, lareira, estacionamento coberto, café da manhã excepcional, com muiras tortas deliciosas, e paguei a insignificância de 128 Reais a diária.

  11. Nosso Brasil é lindo. Porém caro, preços proibitivos e serviços péssimos. Poderíamos ser uma potência sem igual para o Turismo gerando renda e tirando famílias da fila de esmolas do bolsa isso, bolsa aquilo. A diferença é que a Europa no verão que vem será a Europa. Assim como os Estados Unidos que dão a volta por cima e se organizam. Enquanto aqui no Brasil entra ano e sai ano ficamos no mimimi e nas promessas de pais do futuro.

  12. Difícil
    Nordeste tá largado às traças.
    Sou de Recife, saí de lá nos anos 80.
    Continua o mesmo cenário,melhor local ainda Boa Viagem e seus tubarões.
    Estive em Maio em Portugal, França e Barcelona,meu Deus quanta diferença.
    Organização, limpeza, investimento no turismo.
    Somente em Paris que vi os armênios fazendo jogatinas nas praças próximo da torre,mas cai na deles quem quer ganhar dinheiro fácil.

    1. Recife está um caos com esse prefeito atual venha pra Candeias, Piedade, Paiva…. que já faz parte de Jaboatao…. tudo limpo, orla renovada….coisa linda!!!!

    2. Estive em Londres por 5 meses, voltei pro Brasil faz 1 semana. Nem se compara td que vi e vivi lá , segurança sem igual, país organizado. Nosso Brasil é lindo mas td muito caro, uma violencia terrivel, dá medo de sair na rua. Não tive problema com minha bagagem, despachei e chegou direitinho .

    3. Está mudando. A agua a recem chegou no sertao. Fui a pipa e achei muito lindo. Aeroporto em natal tudo otimo. Voos pontuais. Pessoas amigáveis.

  13. Viajei dia 14 de Junho para Portugal (Porto) não passei por Lisboa , voei pela Air Europa , São Paulo Madri , Madri Porto , sem.nenhum atraso oh problema . Retornei dia 11 de Julho , Porto Madri , Madri São Paulo, também sem nenhum problema . O maior problema está em Lisboa , Paris e Londres …

  14. De “terceiro mundo” na minha opinião é o título da matéria, seu comentário e o país de origem. Porque mesmo que no caos total, a Europa nunca será terceiro mundo. O que acontece no Brasil no cotidiano, nem mesmo um aclamado diretor de Hollywood consegue reproduzir em um filme de ficção.

  15. Dizer que viajar pelo Brasil é barato, só pode ser piada, né? Sem falar em todos os problemas. Sai mais barato viajar pra Argentina, nesse momento.

  16. A falta de mao de obra nao eh porque os que foram demitidos nao querem voltar ou sairam de setor como diz a materia. O que realmente acontece eh que as companhias aereas e as empresas que gerenciam os aeroportos nao querem recontratar as mesmas pessoas e pagar os mesmos salarios. Querem sim funcionários mais baratos e em menor quantidade para aumentar seus ganhos e diminuir o preju causado pelo fique em casa europeu. Nao eh so aeroporto, trens regionais tambem tem sofrido com cancelamentos, problemas tecnicos e dalta de limpeza.

  17. Cheguei na Europa ha 20 dias. Estou gostando muito. Trajeto foi tranquilo inclusive as conexoes até a Dinamarca. O que observei aqui no antigo continente tbm podemos observar em todo o resto do mundo, preços altíssimos de alimentação. Tudo influenciado pelas mudanças geopolíticas ocorridas na pandemia onde o mundo ficou mais adoecido, Caro e com mais desigualdade latente.

  18. No Porto, Portugal, o pilantra ( chamava se MAIA) taxista do aeroporto me cobrou 30 euros para fazer uma corrida que, segundo a dona do hotel, me custaria 15 euros. Ele inventou u mas tacas extras e me roubou o pilantra.

  19. O Brasil é lindo até hora que você for o sorteado e ser arrancado do carro ou da moto em movimento em plena luz do dia meio a uma multidão aí você vai entender o verdadeiro Brasil atual!

  20. Muito drama e várias inverdades nesta matéria. Fui a Portugal no mês do meu aniversário, Janeiro, e fiquei até o final de fevereiro, em seguida passei uma semana na Espanha depois voltei ao Brasil. Não tive problema em nenhum dos lugares que fui. Hotéis limpos, organizados e cidades seguras onde você pode tirar fotos e andar sem medo de bala perdida ou arrastão em praias. Os passeios culturais em Portugal são maravilhosos! E o melhor é ver que os portugueses não depredam seus patrimônios, tudo conservado nos lugares que visitei. Sou do Rio de Janeiro, então não preciso dizer o quanto achei ridícula essa matéria, levando em consideração o total abandono do Rio. Cidade imunda, suja mesmo… assaltos atrás de assaltos, desorganização nos transportes públicos sucateados e tudo extremamente caro. E o pior, você se hospeda em Copacabana e paga MUITO CARO pra ficar de frente a praia e assim que sai do hotel para o primeiro passeio, perde carteira e celular. Então não, Europa está LONGE de ser o bagunça do nosso país. Já vi um arrastão de mais de 30 moradores de rua no Centro do Rio, eles passavam quebrando tudo, roubando a quem podiam, e sem nenhum policiamento para impedir. Uma cena de filme de terror! NUNCA vi isso em países Europeus. E viajar no Brasil é mais caro do que conhecer países no exterior. Deveriam pesquisar melhor antes de dizer que viajar no Brasil é mais barato.

    1. O coitado quer comparar 20/30 dias de viagem com quem efetivamente mora no local. É ridículo, senão trágico. Europa tem efetivamente várias qualidades e inúmeros defeitos tbm, como qualquer lugar, realizar uma leitura crítica da matérias é entender que o autor está afirmando que, neste momento, a europa como um todo está apresentando vários problemas relacionados a países em desenvolvimento e que isso a compara com tais países, mas não que sejam países em desenvolvimento. O nível de leitura crítica está muito baixo…

  21. Discordo! Acabei de voltar de 3 semanas na Europa. Nenhum perrengue! Preços altos como em qq lugar do mundo atual. Hotéis com tudo funcionando, funcionários envolvidos com seus trabalhos, meios de transporte eficientes e seguros, infra estrutura das estradas maravilhosa. Nos Países Baixos não fui cobrada em pedágio e usei auto estradas excelentes.
    Havia pesquisado pousada no Nordeste, em praia mais sossegada e acabei optando por países europeus pq os preços daqui eram surreais em pleno inverno.
    Nosso país é lindo, sua cultura maravilhosa, mas está destruído. Lamento

  22. Voltei de Amsterdão pela KLM. Depois de filas intermináveis para o embarque e aproximadamente 1 hora de atraso para decolagem, tive o desprazer de constatar que duas das minhas tres malas não vieram no voo. Ao que foi cogitado, foram cerca de 300 malas que foram extraviadas. Já fazem 5 dias que voltei e uma das malas permanece perdida…

  23. Estive no NE recentemente. Maeagogi, Porto de galinhas e praia do francês. Realmente o que encarece são as passagens aéreas. Pousadas a $90 a diária com ótimo café da manhã.

  24. Quem comprou durante a Pandemia passagens e pacotes baratissimos em 2020 e 2021. para usa- Los em 2022 , está utilizando agora e os aeroportos Europeus não estão comportando o movimento
    e as CIAs aéreas não estão conseguindo saldar seus compromissos assumidos por terem vendido produtos muito baratos para se manter na PANDEMIA ‼️

  25. Eu moro na Espanha, na Andaluzia, aqui as praias são maravilhosas, limpissimas, mar transparente. Infelizmente o Brasil ficou um país caríssimo e a miséria e portanto a desigualdade social aumentaram mais ainda nos últimos 4 anos. A Europa não é um paraíso mas pelo menos aqui não tem bolsominions.

  26. Faltou falar dos vistos para viajar. Por exemplo, para EUA a data mais próximo está para AGOSTO DE 2023. Mais de um ano de espera, além de ter que “caçar” um estado onde esteja mais próximo e com risco de ser reprovado na entrevista e ter que pagar tudo de novo e esperar mais um ano.

  27. Acabei de voltar de um tour pela Eslovênia, Bósnia e Croácia (paisagens lindíssimas e povos acolhedores) na primeira quinzena de julho. Passei pelos aeroportos de Lisboa e Frankfurt (na ida e na volta), Ljubljana e Trieste. Confesso que estava morrendo de medo de ter minha mala extraviada. Tanto que levei uma bagagem de mão, digamos, beem mais reforçada. Mas não tive contratempos em nenhum desses aeroportos. Correu tudo muito bem. Amo viajar pelo Brasil também, mas, como muitos aqui já disseram, os preços das passagens aéreas estão surreais.

  28. Meu filho de 3 anos e eu embarcamos em um vôo de Belo Horizonte para Berlin , con escala em Lisboa . Já estava ciente da situação precária que a Europa está passando nos aeroportos, no entanto nossa viagem já havia sido marcada ha meses . Chegando no aeroporto de Lisboa parecía a visão do inferno,filas gigantes, funcionários mega estressados,turistas agresivos por todo lado. Claro que nosso vôo chegou com atraso e partiu com atraso para o Destino final. Ao chegar em Berlim, nenhuma de nossas malas chegaram. Daí para formalizar a reclamação, mas 2 horas e meia na fila , pois tão pouco há funcionários suficiente nos guichês.Desembarcamos no dia 8 de julho e até hoje não recebemos nossas malas. No site da Tão informa que ela chegou no dia 18 e já estava pronta para ser retirada. Fui para o aeroporto e para minha alegria mas 3 horas de espera na fila para saber que a mala havia saído para ser entregue no meu endereço. O que é pior ,pois eles não sabem onde.se encontra mais as malas e tão pouco recebi um e-mail ou SMS que iriam entregar .Além de ter perdido todos os meus pertences e do meu filho ,fica a indignação que não tem onde recorrer. O Brasil para mim é bem organizado e tranquilo para passar as férias que opta viajar de avião. Conselho para que for viajar para Europa, traga somente sua bagagem de.mão e faça um.bom.seguro de viagem.

  29. Turismo no Brasil…tem muitos lugares bonitos mas não me enche os olhos. Vou a lugares muito específicos, é tudo caro e muita falta de estrutura mesmo nestes lugares. Sujeira é padrão brasileiro. O q está passando lá fora é passageiro mas no Brasil é histórico e eterno.

  30. O nosso Brasil com todos os problemas é maravilhoso , ele te dá a oportunidade de ser grande e crescer , o problema que são pra poucos que tem essa vontade e dom pra coisa , muitos até estudam mas são fraquinhos para empreender, e acabam sendo limitados , aí querem colocar a culpa no país, não não vão ser medíocres lá fora também, o que falta em nosso país é patriotismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

- Informações atualizadas a cada 10 minutos
- Gráfico mostra valor fechado do dia

Pergunte para a

Mônica

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.