Document
PATROCINADORES

“Vice é acessório”, diz líder do PR sobre desistência de Josué Gomes

O empresário Josué Gomes (PR-MG) sinalizou a Geraldo Alckmin (PSDB-SP) que não deve aceitar ser candidato a vice na chapa presidencial encabeçada pelo tucano. Para o deputado federal José Rocha (PR-BA), líder do PR na Câmara, a decisão de Josué não vai alterar em nada a posição do partido. “Vice é acessório”, afirmou em entrevista a MONEY REPORT. “O que importa é definir o cabeça da chapa e o PR fechou acordo para apoiar Alckmin na disputa pelo Palácio do Planalto.”

Próximo a Lula, o filho do ex-vice-presidente José Alencar mantém abertas as portas para ser vice ou integrar a coligação do governador Fernando Pimentel (PT), candidato à reeleição em Minas Gerais. José Rocha disse que a possibilidade não pode ser descartada. O deputado negou existir constrangimento no fato de o partido apoiar o PSDB no campo nacional e o PT na eleição estadual. “O PR faz parte do centro e o centro pode se aliar tanto com a esquerda quanto com a direita”, completou o líder da sigla.

Por que é importante

Os presidenciáveis estão enfrentando dificuldades na definição dos vices

Quem ganha

O PT, que mantém uma figura próxima ao partido no radar

Quem perde

Alckmin, que vê o empresário recusar a oferta de ser vice

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.