PATROCINADORES

Tufão deixa ao menos 3 mortos nas Filipinas e segue para Hong Kong

Por Martin Petty e Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) – Um forte tufão passou pela ponta norte das Filipinas neste sábado, levando ventos de mais de 200 km/h e chuvas torrenciais que deixaram ao menos três mortos, destruindo casas e provocando pelo menos 42 deslizamentos de terra. 

O tufão Mangkhut chegou às Filipinas como um super tufão nas primeiras horas, provocando ventos ferozes e chuvas pesadas por toda a ilha de Luzon, que tem aproximadamente metade dos 105 milhões de habitantes do país. 

Conhecido localmente como Ompong, o tufão Mangkut chegou a ter rajadas de ventos de 305 km/h antes de deixar as Filipinas e se deslocar em direção a Hong Kong e ao sul da China com ventos de 170 km/h. 

A agência filipina de desastres disse que dois membros de equipes de resgate morreram enquanto tentavam tirar pessoas presas em um deslizamento de terra na região montanhosa Cordillera, enquanto a polícia informou que um corpo foi encontrado em um rio em Manila. 

Mauricio Domogan, prefeito de Bagiuo, disse que três pessoas morreram em deslizamentos de terra e que seis estavam desaparecidas. Não ficou claro se os três mortos incluíam os membros da equipe de resgate. 

“Eles não esperavam que fosse acontecer, por isso não deixaram o local. Infelizmente aconteceu”, disse à rádio DZMM.

A agência de meteorologia do país rebaixou o nível de ameaça do fenômeno, mas alertou que o perigo estava longe do fim, com a presença constante de surtos e chuvas pesadas que causaram inundações e deslizamentos. 

O Mangkhut foi uma tempestade de categoria 5 por dias desde que causou destruição no território norte-americano da Micronésia, no Pacífico, antes de se dirigir para as Filipinas, onde é a 15ª e mais forte tempestade registrada neste ano. 

Os ventos do tufão estavam mais fortes que os do furacão Florence nos Estados Unidos, depois que este chegou às Carolinas do Sul e do Norte antes de ser rebaixado ao status de tempestade tropical. 

(Reportagem adicional de Neil Jerome Morales)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × cinco =

Pergunte para a

Mônica.