PATROCINADORES

Tribunal de Tóquio rejeita pedido para libertar Ghosn, diz agência Jiji Press

TÓQUIO (Reuters) – O Tribunal Distrital de Tóquio rejeitou um pedido da defesa de Carlos Ghosn pela soltura do ex-presidente do conselho da Nissan, que está preso desde 19 de novembro acusado de irregularidades financeiras, disse a agência Jiji Press nesta quarta-feira.

Na véspera, Ghosn apareceu em público pela primeira vez desde a prisão e afirmou ser inocente, em audiência judicial.

A atual ordem de prisão contra o executivo expira na sexta-feira.

(Reportagem de Chris Gallagher)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF080JU-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 1 =

Pergunte para a

Mônica.