PATROCINADORES

TRF-1 concede liberdade a ex-governador de Goiás Marconi Perillo

(Reuters) – O Tribunal Regional Federal da 1ª Região concedeu habeas corpus, nesta quinta-feira, determinando a soltura do ex-governador de Goiás e candidato derrotado ao Senado pelo PSDB, Marconi Perillo, preso na véspera a pedido do Ministério Público Federal em investigação contra a corrupção.

O TRF-1 informou, em mensagem enviada por email, que o habeas corpus com a ordem de soltura foi concedido, mas acrescentou que o processo tramita em segredo de Justiça, de forma que o acesso à decisão fica restrito às partes.

Perillo foi preso no âmbito da operação Cash Delivery, que investiga pagamento de propinas em campanhas eleitorais.

O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que representa Perillo, disse em nota após a decisão do TRF que a prisão do ex-governador era “ilegal, arbitrária e infundada”, e acrescentou ter “absoluta convicção na inocência plena” de Perillo.

A operação Cash Delivery foi lançada no dia 28 de setembro, mas Perillo não foi preso na ocasião por ser candidato ao Senado, uma vez que a lei eleitoral não permite a prisão de candidatos entre 15 dias antes e dois dias após o pleito.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro; Reportagem adicional de Ricardo Brito, em Brasília)

tagreuters.com2018binary_LYNXNPEE9A1UD-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 5 =

Pergunte para a

Mônica.