PATROCINADORES

Russos acusados de envenenar ex-espião Skripal dizem ser vítimas de coincidência

MOSCOU (Reuters) – Dois russos acusados pelo Reino Unido de envenenar um ex-espião russo e sua filha na Inglaterra disseram nesta quinta-feira terem sido vítimas de uma “fantástica coincidência”, afirmando serem apenas empresários russos que estavam em viagem de férias no exterior.

Procuradores britânicos identificaram na semana passada dois russos que disseram estar operando com pseudônimos –Alexander Petrov e Ruslan Boshirov– e que acusaram de tentarem envenenar Sergei Skripal e a filha com um agente nervoso de nível militar na Inglaterra.

Dois homens com semelhanças físicas com as imagens dos suspeitos divulgadas pela polícia britânica apareceram na televisão estatal russa RT nesta quinta-feira, negando ser agentes militares de inteligência.

Os homens disseram, ainda, sentir que mereciam um pedido de desculpas dos verdadeiros responsáveis pelo envenenamento, se um dia eles forem encontrados.

tagreuters.com2018binary_LYNXNPEE8C0YX-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + três =

Pergunte para a

Mônica.