PATROCINADORES

Líder de oposição russo Navalny é detido novamente logo após deixar prisão, dizem aliados

Por Gabrielle Tétrault-Farber

MOSCOU (Reuters) – O líder de oposição russo Alexei Navalny foi detido nesta segunda-feira acusado de organizar protestos ilegais, informaram seus aliados, acrescentando que a medida tem como objetivo marginalizá-lo em um momento de crescente insatisfação com impopulares reformas do governo.

A prisão de Navalny aconteceu momentos depois do ativista ser liberado da cadeia após encarceramento anterior, segundo seus aliados.

O Ministério do Interior russo não respondeu de imediato a pedido por comentário.

O plano do Kremlin de elevar a idade mínima para aposentadoria levou milhares de russos às ruas nas últimas semanas e cortou 15 pontos percentuais da taxa de popularidade do presidente Vladimir Putin.

A nova detenção de Navalny acontece depois que o ativista cumpriu pena de 30 dias de prisão por planejar uma manifestação não autorizada em janeiro pedindo boicote à eleição presidencial deste ano que, segundo Navalny, seria manipulada.

Leonid Volkov, aliado de Navalny, escreveu no Twitter nesta segunda-feira, que o ativista foi levado a uma delegacia quando deixava a prisão e que estava, novamente, sendo acusado de violar as leis do país sobre manifestações.

tagreuters.com2018binary_LYNXNPEE8N0UF-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + 7 =

Pergunte para a

Mônica.