Document
PATROCINADORES

Godín elogia “leões” do Uruguai e perdoa goleiro Muslera por falha contra França

NIZHNY NOVGOROD, Rússia (Reuters) – O capitão uruguaio, Diego Godín, elogiou seus companheiros de equipe como “leões” depois de chegarem às quartas de final da Copa do Mundo, embora tenham perdido por 2 x 0 para a França, e disse que o erro do goleiro Fernando Muslera no segundo gol deve ser perdoado.

“Estou orgulhoso dos meus companheiros de equipe, eles foram leões”, disse Godín, enquanto ele e outros jogadores do Uruguai saíam de campo em lágrimas.

“Somos uma equipe em que todos dão tudo nas partidas e na preparação. Tenho apenas palavras de gratidão para meus companheiros de equipe”, acrescentou, enquanto torcedores barulhentos do Uruguai aplaudiam os jogadores da equipe no estádio de Nizhny Novgorod, apesar da derrota.

A França venceu com um gol de cabeça de Raphael Varane no primeiro tempo e outro no qual o goleiro Muslera falhou em chute de Antoine Griezmann.

“Fernando é um grande goleiro … Todos nós cometemos erros”, disse Godín. “Em outras ocasiões ele nos salvou com incríveis defesas.”

O Uruguai sofreu com a ausência do atacante Edinson Cavani, que não jogou por causa de uma lesão na panturrilha.

A vitória da França colocou a equipe na semifinal contra Brasil ou Bélgica.

(Reportagem de Brian Homewood)

tagreuters.com2018binary_LYNXMPEE651PO-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.