PATROCINADORES

Britânico e 2 norte-americanos conquistam Nobel de Química de 2018

Por Daniel Dickson e Ben Hirschler

ESTOCOLMO/LONDRES (Reuters) – Os cientistas Frances Arnold, George Smith e Gregory Winter conquistaram o Prêmio Nobel de Química de 2018 graças a pesquisas usando evolução direcionada para produzir enzimas e anticorpos para novos produtos químicos e remédios, informou a entidade que concede as honrarias nesta quarta-feira.

Frances, somente a quinta mulher a ser homenageada com um Nobel de Química, recebeu metade do prêmio de 9 milhões de coroas suecas, o equivalente a 1 milhão de dólares, enquanto o também norte-americano Smith e o britânico Winter dividiram a outra metade.

“Os laureados do Nobel de Química deste ano se inspiraram no poder da evolução e usaram os mesmos princípios –mudança e seleção genética– para desenvolver proteínas que solucionam os problemas químicos da humanidade”, disse a Academia Real Sueca de Ciências em um comunicado.

Frances é a segunda mulher a receber um Nobel neste ano, depois que a canadense Donna Strickland dividiu o Nobel de Física na terça-feira.

O uso de enzimas, desenvolvido por ela, inclui a fabricação mais ecológica de substâncias químicas, como remédios, e a produção de combustíveis renováveis para um setor de transporte mais verde.

Smith desenvolveu um método usando um vírus que infecta bactérias para produzir novas proteínas, e Winter usou o mesmo método para a evolução direcionada de anticorpos com o objetivo de produzir novos remédios.

Os prêmios por conquistas na ciência, literatura e paz foram criados e financiados no testamento do empresário suíço e inventor da dinamite Alfred Nobel, e vêm sendo concedidos desde 1901.

Pela primeira vez em décadas o prêmio de literatura não será concedido neste ano por causa de uma divisão dentro da Academia Sueca, provocada por um escândalo de estupro envolvendo o marido de uma integrante do conselho.

Os prêmios de ciência e paz são escolhidos por outras entidades. O Nobel de Química é o terceiro deste ano, já que os de Medicina e Física foram anunciados no início desta semana.

(Por Daniel Dickson, Niklas Pollard e Simon Johnson; Reportagem adicional de Anna Ringstrom e Helena Soderpalm)

tagreuters.com2018binary_LYNXNPEE920UC-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − sete =

Pergunte para a

Mônica.