PATROCINADORES

Bandeira só será vermelha se for preciso sangue para mantê-la verde e amarela, diz Bolsonaro

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro disse em discurso após receber a faixa presidencial nesta terça-feira que, com sua posse, o povo brasileiro começa a se “libertar do socialismo” e do “politicamente correto” e, segurando uma bandeira do Brasil, disse que ela só será vermelha se for preciso o sangue para mantê-la verde e amarela.

Em discurso bem mais inflamado do que o feito na cerimônia de posse no Congresso Nacional, Bolsonaro disse no parlatório do Palácio do Planalto que tem o desafio de enfrentar a crise econômica e o desemprego recorde, ao mesmo tempo que afirmou que terá preocupação com o cidadão de bem e tirará o “viés ideológico” da política externa brasileira.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF00168-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × quatro =

Pergunte para a

Mônica.