PATROCINADORES

Atirador mata 3 pessoas em banco de Cincinnati e é morto pela polícia

(Reuters) – Um homem armado abriu fogo dentro de um banco no centro da cidade norte-americana de Cincinnati, em Ohio, na manhã desta quinta-feira, matando ao menos três pessoas e ferindo outras antes de ser morto a tiros pela polícia, disseram autoridades.

O chefe de polícia de Cincinnati, Eliot Isaac, disse que o homem começou a atirar dentro da área de carga e descarga do Fifth Third Bank, perto da Fountain Square. Ele então entrou no saguão do banco, onde trocou tiros com policiais, disse Isaac em entrevista coletiva.

Os mortos e feridos pelo atirador “parecem ser vítimas inocentes”, disse o prefeito de Cincinnati, John Cranley, acrescentando que policiais chegaram ao local “em questão de segundos”.

Um vereador da cidade disse que a motivação do atirador ainda não estava clara. “Que maneira doentia e trágica para este dia começar. O flagelo da violência armada só deixa perdas”, escreveu P.G. Sittenfeld no Twitter.

Testemunhas disseram que vários tiros foram disparados, de acordo com o jornal Cincinnati Enquirer.

Leonard Cain, que viu o incidente, disse ao jornal que estava prestes a entrar no banco quando alguém o avisou sobre o tiroteio. Cain disse que viu uma mulher também entrando no banco, e que as pessoas também tentaram avisá-la, mas que ela estava usando fones de ouvido e não ouviu.

“Ela entrou pela porta e ele atirou nela”, disse Cain ao The Enquirer, acrescentando que ouviu até 15 tiros.

O Enquirer disse que alguns clientes se esconderam dentro de um banheiro do banco, e que uma vítima de ferimento a bala foi encontrada dentro de uma sorveteria próxima.

A área ao redor do banco foi fechada para pedestres após o incidente, disse a polícia.

(Reportagem de Daniel Wallis e Peter Szekely)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =

Pergunte para a

Mônica.