PATROCINADORES

“Amigos Para Sempre” surpreende e lidera bilheteria nos EUA com US$19,5 mi

Por Rebecca Rubin

LOS ANGELES (Variety.com) – Em uma surpreendente bilheteria, “Amigos Para Sempre”, da STX, superou as expectativas com sua estreia de 19,5 milhões de dólares, o suficiente para derrotar o reinado de três semanas de “Aquaman” na América do Norte.

Bryan Cranston e Kevin Hart co-estrelam “Amigos Para Sempre”, que marca a primeira liderança do estúdio na bilheteria. Também é considerado o segundo melhor momento da STX Film após o filme “Perfeita é a mãe”, que foi lançado com 23 milhões de dólares em 2016.

O que é ainda mais animador para a STX é que “Amigos Para Sempre”, baseado no sucesso francês de 2011 “Les Intouchables”, foi capaz de superar seu caminho rochoso para a tela grande.

A Companhia Weinstein estava originalmente a bordo para distribuir o drama cômico sobre um bilionário tetraplégico que faz amizade com um ex-condenado contratado para ajudá-lo.

Ele estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto de 2017, mas foi arquivado depois que acusações de agressão sexual contra Harvey Weinstein vieram à tona.

A STX e a Lantern Capital compraram os direitos e trabalharam com o diretor Neil Burger para recriar o filme, na esperança de que fosse mais acessível para um público mais amplo.

Mas a verdadeira vencedora nos cinemas neste fim de semana foi Nicole Kidman.

A atriz australiana co-estrelou “Amigos Para Sempre” e “Aquaman”, os dois principais filmes da bilheteria doméstica

A aventura de super-heróis da Warner Bros “Aquaman” ultrapassou a marca de 1 bilhão de dólares em todo o mundo.

“Aquaman” caiu para o segundo lugar nas bilheterias dos EUA, conquistando 17 milhões de dólares em 3.863 locais, no seu quarto fim de semana.

“A Dog’s Way Home”, da Sony, ficou em terceiro lugar. A aventura sobre um cachorro (dublado por Bryce Dallas Howard) que se separou de seu dono estreou no mesmo nível das estimativas, arrecadando 11 milhões de dólares em 3.090 cinemas. É um começo promissor considerando que o filme, co-estrelado por Ashley Judd e Edward James Olmos, custou 18 milhões de dólares para ser produzido.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 18 =

Pergunte para a

Mônica.