PATROCINADORES

Último recurso de Lula será julgado no dia 18 de abril

O último recurso permitido ao ex-presidente no caso do tríplex será julgado em 18 de abril pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). O petista já foi condenado em segunda instância a 12 anos e 1 mês de cadeia no âmbito da Operação Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro. Os embargos dos embargos não mudam a pena e nem o mérito da ação.

Por que é importante

O ex-presidente Lula está preso desde o dia 7 de abril, após se entregar à Polícia Federal em São Bernardo do Campo (SP)

Quem ganha

A liturgia jurídica. Os embargos dos embargos são a derradeira investida, em segunda instância, dos advogados contra a condenação de Lula no caso do tríplex

Quem perde

A celeridade da Justiça. Segundo o juiz Sergio Moro, “embargos dos embargos constituem apenas uma patologia protelatória que deveria ser eliminada do mundo jurídico”

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + oito =