PATROCINADORES

TSE não pode impedir a candidatura de Lula ‘a priori’, diz Cármen Lúcia

Em entrevista ao programa Canal Livre, da Band, na madrugada desta segunda-feira (21), a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não pode barrar “de ofício” a candidatura do ex-presidente Lula, que está preso em Curitiba desde o dia 7 de abril. A ministra do STF disse que é necessário que haja “uma provocação”, ou seja, uma contestação prévia para impedir a candidatura do petista.

Por que é importante

Na semana passada, o TSE começou a discutir a possibilidade de barrar a candidatura de Lula, levando em conta a Lei da Ficha Limpa. Confirmando o que Cármen Lúcia disse no programa da Band, que candidatos como Lula são inelegíveis

Quem ganha

Jair Bolsonaro que, nas pesquisas de intenção de voto sem Lula, está em primeiro lugar na corrida eleitoral pela presidência da República

Quem perde

Lula, caso sua candidatura seja barrada

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 4 =

Pergunte para a

Mônica.