Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Tom morno marca primeiro debate entre os presidenciáveis na TV

Tom morno marca primeiro debate entre os presidenciáveis na TV

A TV Bandeirantes realizou o primeiro debate entre os presidenciáveis na noite de quinta-feira (9). O encontro foi marcado pelo tom morno e poucos duelos entre os candidatos. Alvaro Dias (Podemos) focou na importância da Lava Jato e insistiu que vai convidar o juiz federal Sérgio Moro para ser ministro (falta saber o que Moro acha disso). Ciro Gomes (PDT) prometeu limpar o nome de 63 milhões de brasileiros para estimular a liberação de crédito no país (sem falar como). Geraldo Alckmin (PSDB) defendeu a reforma trabalhista e maior abertura econômica para o Brasil voltar a ser competitivo. Marina Silva (Rede) até tentou polemizar com o tucano, questionando a aliança dele com o Centrão. Henrique Meirelles (MDB) buscou associar os períodos de crescimento econômico do país com suas passagens pelo Banco Central e Ministério da Fazenda. Jair Bolsonaro (PSL) esteve mais controlado, mas manteve opiniões polêmicas e criticou a política de direitos humanos. Guilherme Boulos (PSOL) e Cabo Daciolo (Patriota) tentaram partir para o ataque. Boulos mirou Alckmin, Bolsonaro e Meirelles e indicou que, se eleito, irá revogar as medidas aprovadas pelo governo do presidente Michel Temer. Com perguntas sem sentido e apelando para conspirações (e Deus), Daciolo roubou a cena e foi o candidato mais citado nas redes sociais.

Envie seu comentário