Document
PATROCINADORES

Toffoli: “Liberdade de expressão não pode alimentar desinformação”

Sem comentar especificamente as recentes determinações polêmicas do STF, como a censura de uma revista, o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, defendeu na quarta-feira (17) o direito à liberdade de expressão. Toffoli, no entanto, afirmou que a garantia desse direito não pode ser instrumento para a disseminação de informações falsas. “A liberdade de expressão não deve servir à alimentação do ódio, da intolerância, da desinformação. Essas situações representam a utilização abusiva desse direito. Se permitirmos que isso aconteça, estaremos colocando em risco as conquistas alcançadas sob a Constituição de 1988”, disse durante evento em São Paulo.

Por que é importante

Por determinação de Toffoli, o ministro Alexandre de Moraes tem conduzido um inquérito para apurar a divulgação de notícias falsas, ofensas e ameaças contra ministros do STF

Quem ganha

Toffoli e Moraes. Avessos às críticas, os dois integrantes do Supremo prometem prolongar as investigações

Quem perde

Os alvos do inquérito até o momento, como a revista Crusoé e as sete pessoas que tiveram endereços vasculhados pela Polícia Federal

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.