PATROCINADORES

Toffoli mantém votação secreta em eleição na Câmara

O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, rejeitou o pedido feito pelo deputado federal eleito Kim Kataguiri (DEM-SP) para que a eleição para a presidência da Câmara tenha votação aberta. Toffoli argumentou que a alteração do procedimento, sem análise do plenário do STF, “implicaria em modificação repentina da forma como a eleição regimentalmente vem se realizando ao longo dos anos” na Casa. O entendimento deve ser estendido para a disputa no Senado.

Por que é importante

Ao não interferir no Legislativo, Toffoli visa evitar o chamado "ativismo judicial"

Quem ganha

Renan Calheiros, que tentará ocupar a presidência do Senado pela quinta vez

Quem perde

Kim Kataguiri, que cogita lançar candidatura na Câmara

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − doze =

Pergunte para a

Mônica.