PATROCINADORES

TJ-MG pede prisão imediata de Eduardo Azeredo

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) decretou a prisão do ex-governador mineiro Eduardo Azeredo (PSDB) nesta terça-feira (22). Após o julgamento do último recurso a que tinha direito – e que foi negado pela 5ª Câmara do (TJ-MG)  –, Azeredo deverá começar a cumprir a pena de 20 anos e um mês de prisão por seu envolvimento no mensalão tucano.

Por que é importante

Azeredo é o primeiro tucano graúdo a ir preso

Quem ganha

A Justiça, que não dá trégua a políticos corruptos

Quem perde

Além de Azeredo e do PSDB, o discurso vitimista do PT, que alega ser perseguido pela Justiça. Com um tucano preso, as lamúrias petistas perdem o sentido

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 3 =

Pergunte para a

Mônica.