Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Tatuzão atingiu esgoto provocando colapso em obra do Metrô

Reparos na rede devem demorar dois meses. Vibração no solo pode ser a causa do rompimento

As obras da Linha 6-Laranja do Metrô de São Paulo viraram manchete nesta terça-feira (1º), comprometendo o trânsito na Marginal Tietê, após um desmoronamento ao lado de um canteiro de obras. A construção teve início em 2015 e ficou parada em 2016, quando o consórcio responsável alegou falta de dinheiro para seguir. Os trabalhos foram retomados em 2020, na gestão de João Doria (PSDB), por meio de uma parceria público-privada (PPP) com a espanhola Acciona. Os gastos já atingiram R$ 15 bilhões. A Linha 6-Laranja vai conectar Brasilândia, na região noroeste, até São Joaquim, na Linha 1-Azul, perto do Centro. Serão construídas 15 novas estações.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o deslizamento e posterior colapso de parte da pista da marginal estariam relacionados com o emprego da máquina tuneladora conhecida como Tatuzão, que inadvertidamente teria atingido uma tubulação da Sabesp, o que causou uma inundação. O presidente do Instituto de Engenharia (IE) de São Paulo, Paulo Ferreira, diz que a vibração do Tatuzão pode ter feito o solo se movimentar de modo imprevisto.

O engenheiro deixa claro que há um exagero em ligar o incidente às fortes chuvas dos últimos dias e afirma que o governo paulista está correto em dizer que houve uma interferência entre as obras do Metrô e a rede de esgoto. “Este é um tubo de grande diâmetro, uma galeria que corre paralela à marginal direita do rio Tietê e que leva o esgoto de toda essa região até a estação de Barueri”, explicou. Foi volume de água que abriu a cratera.

Esgoto

Para o especialista, há perigo adicional, pois essa agua toda está fortemente poluída com dejetos humanos. “O cuidado precisa se dar para quem está manuseando esse esgoto, para evitar qualquer tipo de contaminação”, reforça. “Nesse período precisa desviar o esgoto para dentro do rio, abrir toda essa vala e refazer a galeria. Isso é obra para, pelo menos, dois meses”, disse.

Não houve relato de nenhuma vítima fatal. Dois funcionários tiveram contato com o esgoto foram resgatados e medicados.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.