Document
PATROCINADORES

STF dá 48 horas para Anvisa explicar suspensão de testes da CoronaVac

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apresente em 48 horas, a partir da notificação, informações sobre os critérios usados para interromper os estudos relacionados à vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan. A medida atende a uma ação protocolada pelo partido Rede Sustentabilidade que trata, entre outros pedidos, que o governo federal assine um protocolo de intenções de compra da 46 milhões de doses da CoronaVac. No despacho, Lewandowski destacou o “relevante interesse público” sobre o estágio de aprovação deste e dos demais imunizantes que estão sendo testados no país.

Por que é importante

A entrada do STF no assunto pode esclarecer se a decisão da Anvisa foi técnica ou se houve interferência política

Quem ganha

A responsabilidade, para resolver definitivamente o caso

Quem perde

A população em geral. A politização do assunto prejudica o combate à pandemia

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.