PATROCINADORES

Sérgio Moro abre mão de julgar ação da Lava Jato

Alegando “sobrecarga” de trabalho, o juiz federal Sérgio Moro abriu mão do processo da 48ª fase da Operação Lava Jato, que apura irregularidades em contratos de pedágio no Paraná. Moro argumentou que o caso não tem ligação com o esquema de corrupção da Petrobras. Assim, ele pediu que a ação seja remetida para outro juiz.

Por que é importante

Está é a primeira vez que Moro abre mão de julgar um processo da Lava Jato

Quem ganha

Beto Richa, que escapa das mãos do juiz. O ex-governador do Paraná pode ser um dos implicados nos desdobramentos da investigação

Quem perde

O elevado número de casos afeta a agilidade dos trabalhos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 10 =

Pergunte para a

Mônica.