PATROCINADORES

Sérgio Cabral: “Não soube me conter diante de tanto poder”

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB) admitiu em depoimento nesta sexta-feira (8) ter pego R$ 20 milhões de doleiros para gastos pessoais. “Não soube me conter diante de tanto poder e tanta força política e, de uma maneira vaidosa, querer fazer prefeitos nas cidades, vereadores e deputados”, justificou Cabral. Na versão apresentada por ele, o dinheiro seria sobras de recursos de campanha. “A promiscuidade foi muito grande. Foi nessa promiscuidade que eu me perdi. Foi nessa promiscuidade que usei dinheiro de campanha para fins pessoais”, completou o político.

Por que é importante

Foi a primeira vez que Cabral quantificou o volume total de dinheiro que ele recebeu

Quem ganha

A PF, o MPF e a Justiça, que buscam esclarecer a origem e o destino dos recursos que abasteceram as contas do ex-governador

Quem perde

Sérgio Cabral, que está preso desde novembro de 2016 e responde a mais de 20 processos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + dez =

Pergunte para a

Mônica.