Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Sem fraquejar, Scholz forma governo com mulheres

Na contramão de afirmações machistas como “fraquejada” e demais ofensas ao sexo feminino que minam sem justificativa o avanço das mulheres em cargos de liderança, o futuro novo chanceler da Alemanha, Olaf Scholz (SPD), mostra que seu governo está disposto a avançar nas questões de igualdade de gênero. Para dar representatividade à metade da população alemã, dezenas de engravatados darão lugar a profissionais de meia-idade – de terninho e saia.

Na última semana, foi confirmada a coalizão com os Verdes e Partido Democrático Liberal (FDP) para a formação de um governo formado em sua metade por mulheres como ministras, respeitando a proporção demográfica de alemãs e alemães. Após fechar os acordos partidários, Scholz deverá ser eleito nesta quarta-feira (8) pelo Bundestag (parlamento), pois agora que tem a maioria dos assentos, ou seja, governabilidade.

As novas ministras da maior economia da Europa

  • Ministério da Cooperação e Desenvolvimento: do SPD, Svenja Schulze é atual titular do Meio Ambiente;  
  • Ministério da Defesa: será comandado por Christine Lambrecht. A social-democrata será a terceira mulher a ocupar o posto consecutivamente, sucedendo a Ursula von der Leyen e Annegret Kramp-Karrenbauer, ambas da União Democrata Cristã (CDU), de Merkel;
  • Ministério da Educação e Pesquisa: chefiado por Bettina Stark-Watzinger, do FDP;
  • Ministério da Família: com a social-democrata Anne Spiegel;
  • Ministério das Obras: ficará com Klara Geywitz, que se tornou conhecida no país por concorrer à liderança do SPD juntamente com Scholz, em 2019;
  • Ministério do Exterior: a copresidente do Partido Verde, Annalena Baerbock terá o desafio de conciliar as demandas de sua legenda diante da Rússia e da China no âmbito dos direitos humanos, mas com o cuidado de não colocar abertamente as questões da Ucrânia e de Taiwan;
  • Ministério do Interior: será liderado pela primeira vez por uma mulher, a também social-democrata e jurista Nancy Faeser;
  • Ministério do Meio Ambiente Proteção Ambiental, Segurança Nuclear e Proteção ao Consumidor: dos Verdes, Steffi Lemke chefiará a pasta;
  • Sem status de ministério, uma espécie de Secretaria, a pasta da Cultura e Mídia será chefiada por Claudia Roth, dos Verdes.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.