Document
PATROCINADORES

Se PT vencer, irá rever acordo Boeing-Embraer, diz Pochman

Em entrevista à agência Reuters nesta terça-feira (24), Márcio Pochmann, economista apontado como coordenador da campanha petista à Presidência, disse que, em um eventual governo do PT, a venda de ativos da Eletrobrás e da Petrobras e o acordo entre a Embraer e Boeing serão revistos. Para Pochmann, o acordo entre as duas gigantes da aviação é “inviável” e significa o “desaparecimento da Embraer, pois não tem garantia alguma que ela vai ficar no Brasil”.

Por que é importante

As declarações de Pochmann vêm após Embraer e Boeing anunciarem acordo para a empresa norte-americana assumir o controle da brasileira, e o governo Temer anunciar que pretende vender distribuidoras da estatal Eletrobras

Quem ganha

O nacional desenvolvimentismo, que tem em Pochman um grande porta-voz

Quem perde

O debate econômico. As teses da esquerda contra o "imperialismo" e a "perda da soberania nacional" não levaram o Brasil a lugar algum

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.