Document
PATROCINADORES

Rodrigo Maia defende priorizar pauta econômica

O presidente reeleito da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ao jornal Folha de S. Paulo que é preciso superar a pauta econômica antes de discutir a agenda de costumes. Maia afirmou que temas polêmicos, como o Escola sem Partido, podem criar um ambiente de guerra no plenário e prejudicar a votação das reformas, como a da Previdência. “Não sei se jogar esses temas dentro do plenário ajuda um país que precisa, com urgência, ser reformado. Você acaba gerando relações de atrito entre base e oposição que vai dificultar votar as matérias econômicas no plenário. Você não pode ficar gerando um ambiente de campo de guerra no plenário porque precisa de um ambiente mais distensionado para que tenha as condições de trazer governadores do Nordeste, de oposição, para ajudar nesse diálogo (das pautas econômicas). Se ficar estressando o plenário antes da Previdência, o ambiente para votá-la vai ser muito precário”, afirmou.

Por que é importante

Como presidente da Câmara, Rodrigo Maia é o responsável por definir o que entra na pauta de votações do plenário. Ele pode acelerar ou atrasar a tramitação dos projetos

Quem ganha

O ministro da Economia, Paulo Guedes, que deseja aprovar a reforma da Previdência ainda no primeiro semestre

Quem perde

A ala governista que defende o avanço de pautas conservadoras

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.