PATROCINADORES

Risco de nova denúncia contra Temer divide aliados

Crescem os rumores de que o presidente Michel Temer (MDB) pode ser alvo de uma terceira denúncia apresentada pela PGR. Segundo a coluna painel, do jornal Folha de S. Paulo, a possibilidade deixa a base governista dividida sobre o caminho a seguir. Uns aliados entendem que não faria sentido afastar Temer perto do fim do mandato. A situação poderia piorar a estabilidade do país no meio do processo eleitoral. Outros líderes partidários acreditam que uma nova denúncia poderia provocar uma mobilização popular maior, como observada na greve dos caminhoneiros.

Por que é importante

Temer está sendo investigado no chamado inquérito dos portos. Entre os principais alvos, a PF apura a suspeita de que a reforma da casa de uma das filhas do presidente tenha sido bancada com dinheiro de propina

Quem ganha

O momento de turbulência favorece candidatos que se apresentam como salvadores da pátria

Quem perde

O presidente, que fica ameaçado de não concluir o mandato

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 5 =

Pergunte para a

Mônica.