PATROCINADORES

Reforma da Previdência é aprovada em primeiro turno no Senado

Por 56 votos a 19, o plenário do Senado aprovou na noite de terça-feira (1), em primeiro turno, o texto-base da reforma da Previdência. Eram necessários 49 votos favoráveis. A economia estimada com a reforma nos próximos dez anos deve ficar em cerca de R$ 800 bilhões.

O relator da proposta, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), destacou a importância das mudanças nas regras de aposentadoria. “O Brasil, na maneira que vai, dentro de aproximadamente dois anos, se não fizermos a reforma previdenciária, vamos chegar a um momento, já em 2021, em que a União não terá um tostão sequer para investimento”, disse.

O presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), parabenizou os senadores pelo compromisso com a reforma. “Reconheço que não é uma matéria simpática do ponto de vista da opinião pública, mas é uma matéria necessária. Eu gostaria de agradecer o espírito público de todos os senadores. Reconheço em cada liderança política, em cada senador e em cada senadora da República, o desejo de construir um novo país”, afirmou.

A sessão do Senado que analisa o tema será retomada nesta quarta-feira (2) para a apreciação dos destaques. A expectativa é que a reforma seja votada em segundo turno já na próxima semana.

Por que é importante

A reforma da Previdência é o principal projeto encaminhado pelo governo Jair Bolsonaro (PSL) no primeiro ano de gestão

Quem ganha

O compromisso com o equilíbrio fiscal e a retomada dos investimentos no país

Quem perde

Categorias que fizeram lobby para desidratar a proposta

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − seis =

Pergunte para a

Mônica.