PATROCINADORES

Reforma administrativa pode virar ‘veneno’ se vier na dosagem errada, diz Bolsonaro

Em entrevista à rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, na manhã desta segunda-feira (2), Bolsonaro contou que está recomendando à equipe econômica moderação na dosagem das reformas enviadas ao Congresso. Ele afirmou, sobre a reforma administrativa, que “um remédio muito forte pode transformar-se em um veneno”. Sobre a reforma tributária, disse que se vier sob a forma de uma “simplificação” será muito bem-vinda. Bolsonaro afirmou que tem adotado medidas “de certa forma um pouco amargas” e comparou a reforma da Previdência a uma “quimioterapia”. Sobre a parceria com o ministro da Economia, Bolsonaro disse que Paulo Guedes “é um dos responsáveis pelo nosso governo hoje em dia ter mais de 50% de apoio por parte da sociedade”. Ainda na entrevista, o presidente disse que tentará cumprir, até o fim de seu mandato, a promessa de isentar do pagamento do Imposto de Renda quem ganha até R$ 5 mil por mês.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.