Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Receita vai apurar vazamento de dados de Gilmar Mendes

Receita vai apurar vazamento de dados de Gilmar Mendes

A Receita Federal reconheceu que o ministro do STF Gilmar Mendes e sua mulher, Guiomar Mendes, foram citados em uma apuração preliminar de “possíveis fraudes de corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência”. O Fisco esclareceu, no entanto, que não há qualquer procedimento de fiscalização contra os dois e que as expressões usadas no documento interno “não estão amparadas em evidências verificadas durante o procedimento de análise preliminar”. O órgão ainda indicou que foi aberto um processo para averiguar o vazamento das informações.

Por que é importante
O comunicado da Receita Federal é uma resposta após o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, ter exigido esclarecimentos sobre a suposta investigação
Quem ganha
Gilmar e Guiomar Mendes, que não estão sendo investigados
Quem perde
Os autores do vazamento, que podem ser penalizados