PATROCINADORES

Prisão de Lula nas mãos do STF

Os desembargadores da 8ª Turma do TRF-4 rejeitaram nesta segunda-feira (26), por unanimidade, os embargos de declaração protocolados pela defesa do ex-presidente Lula. A decisão abre caminho para o juiz Sérgio Moro, responsável pelo processo na primeira instância, determinar que o petista deve começar a cumprir imediatamente a pena de doze anos e um mês de prisão. A ida de Lula para a cadeira agora depende do STF. A corte volta a julgar o pedido de habeas corpus do ex-presidente no próximo dia 4 de abril.

Por que é importante

Lula foi condenado em janeiro no caso relacionado ao triplex do Guarujá (litoral de São Paulo)

Quem ganha

O MPF. A decisão do TRF-4 deve jogar pressão nos ministros do STF

Quem perde

A confirmação final da condenação pela segunda instância da Justiça torna Lula inelegível e deve tirá-lo da eleição

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − seis =

Pergunte para a

Mônica.