Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Previdência será obstáculo para Bolsonaro, diz Nelson Jobim

Previdência será obstáculo para Bolsonaro, diz Nelson Jobim

Interesses corporativos, forte oposição ao governo Jair Bolsonaro (PSL) e falta de coesão entre as bancadas de parlamentares no Congresso Nacional. Segundo Nelson Jobim, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), esses são alguns dos motivos que o faz crer que a reforma da Previdência não será aprovada neste ano, ou no início do próximo. Para Jobim, as movimentações da equipe econômica do governo eleito ainda não deixaram claro qual reforma será aprovada. O ex-ministro do STF explica que alguns aliados do futuro governo, como as bancadas temáticas, não sabem nem o que é a reforma da Previdência. “São conservadores nos costumes. Mas isso não é suficiente. Veja a bancada evangélica, por exemplo. É grande, mas não entende de economia e muito menos da reforma da Previdência”, alertou Jobim à plateia de empresários reunidos nesta terça-feira (11) em São Paulo, em evento promovido por MONEY REPORT. Para Jobim, a ausência da reforma do sistema previdenciário deve ser um dos primeiros obstáculos que Bolsonaro deve enfrentar no governo.

Envie seu comentário

20 − dezenove =