Document
PATROCINADORES

Presidente do Haiti é morto a tiros dentro de residência oficial

O presidente do Haiti, Jovenel Moise, foi assassinado a tiros durante a madrugada desta quarta-feira (7) na capital Porto Príncipe. A informação foi confirmada pelo primeiro-ministro interino do país, Claude Joseph, em comunicado. Segundo as agências internacionais, um grupo de pessoas armadas invadiu a residência oficial do governo e atirou no presidente e na primeira-dama, que sobreviveu. O Haiti vive uma escalada de violência, com briga entre gangues, agravada pela crise humanitária dos últimos anos e o desabastecimento de alimentos. Diante do risco de mais desordem, Joseph pediu calma à população após o ato que foi classificado como “desumano e bárbaro”. “Todas as medidas estão sendo tomadas para garantir a continuidade do Estado e proteger a nação”, apontou. A Reuters destacou que Moise enfrentava protestos ferozes desde que assumiu o posto em 2017. A oposição acusava o presidente de tentar impor uma ditadura ao ampliar seu mandato e se tornar mais autoritário.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.