Document
PATROCINADORES

Presidenciáveis poderão gastar até R$ 70 milhões na campanha

O TSE divulgou nesta sexta-feira (29) o limite de gastos das campanhas eleitorais deste ano. Para o cargo de presidente da República o teto será de R$ 70 milhões para o primeiro turno. O valor poderá ser acrescido em R$ 35 milhões caso haja segundo turno. O limite fixado às campanhas para deputado federal ficou em R$ 2,5 milhões. Para os cargos de deputados estadual ou distrital, o teto ficou fixado em R$ 1 milhão. No caso das campanhas para governadores e senadores, o limite de gastos variam de acordo com o eleitorado de cada estado – variando de R$ 2,8 milhões a R$ 21 milhões.

Por que é importante

As doações empresariais para campanhas estão proibidas desde 2015. Somente pessoas físicas podem doar

Quem ganha

Candidatos ricos, que poderão usar recursos próprios para bancar as suas campanhas

Quem perde

Partidos nanicos, que receberão poucos recursos dos fundos Partidário e Eleitoral

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.