Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

1 comentário

Presidente da CNI é preso pela Polícia Federal

Presidente da CNI é preso pela Polícia Federal

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, foi preso pela Polícia Federal nesta terça-feira (19) em São Paulo. Ele é um dos alvos da Operação Fantoche, que investiga um esquema de desvio de recursos públicos. Segundo a PF, um grupo de empresas, sob o controle de um mesmo núcleo familiar, atuou de forma contínua, desde 2002, executando contratos firmados por meio de convênios com o Ministério do Turismo e entidades do chamado “Sistema S”. A atuação do grupo consistia na utilização de entidades de direito privado, sem fins lucrativos, para justificar a celebração de contratos e convênios diretos com o ministério e unidades do “Sistema S”. Tais contratos, em sua maioria voltados à execução de eventos culturais e de publicidade, eram superfaturados ou não concluídos. Os recursos decorrentes deles eram posteriormente desviados em favor do núcleo empresarial, por intermédio de empresas de fachada.

Por que é importante
Estima-se que o grupo já tenha recebido mais de R$ 400 milhões com o esquema
Quem ganha
O ministro da Economia, Paulo Guedes, que deseja abrir o caixa-preta do Sistema S
Quem perde
O presidente da CNI, que deve ser denunciado por crimes contra a administração pública, fraudes licitatórias, associação criminosa e lavagem de dinheiro

Comentários

Envie seu comentário