PATROCINADORES

Plenário do STF vai julgar pedido de liberdade de Lula

O ministro Edson Fachin, do STF, decidiu na segunda-feira (25) levar o pedido de liberdade do ex-presidente Lula para julgamento do plenário da corte. O caso deverá entrar na pauta somente em agosto, após o recesso de julho do Supremo.

Por que é importante

A defesa de Lula tenta um efeito suspensivo para que o petista responda o processo em liberdade e possa participar da disputa presidencial

Quem ganha

A Lava Jato, se o plenário do STF repetir o resultado do julgamento do pedido de habeas corpus preventivo, que abriu caminho para a prisão do ex-presidente

Quem perde

Lula. Além de permanecer encarcerado, ele não pode ser candidato por estar enquadrado na Lei da Ficha Limpa, após ter sido condenado na segunda instância

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − oito =

Pergunte para a

Mônica.