PATROCINADORES

PGR pede ao Supremo condenação de Gleisi Hoffmann

A Segunda Turma do STF começa a julgar nesta terça-feira (19) a ação penal proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), e seu marido, o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo. Os dois são acusados dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato. Em memorial encaminhado ao Supremo, a PGR defendeu a condenação do casal. “A senadora, expoente de seu partido político, locupletou-se dolosamente de todo um esquema de ilegalidades praticados na Petrobras e, também por isso, deixou de cumprir com seu dever de fiscalização”, destaca o documento.

Por que é importante

A senadora Gleisi Hoffmann teria recebido R$ 1 milhão para sua campanha ao Senado em 2010. O valor teria sido negociado por intermédio de Paulo Bernardo e de um empresário, que também é réu

Quem ganha

A Lava Jato. Gleisi pode ser a segunda parlamentar condenada pelo STF

Quem perde

A presidente do PT, que pode ficar inelegível

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × quatro =

Pergunte para a

Mônica.