Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

PGR insiste para que Eduardo Cunha continue preso

PGR insiste para que Eduardo Cunha continue preso

Em manifestação encaminhada ao STF, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu que o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB) siga preso em Curitiba (PR). Dodge citou como argumento o risco de Cunha voltar a delinquir se estiver em liberdade. “Imaginar que uma vida criminosa, como a do paciente, será interrompida por mágica é algo muito pueril. Não é isso que a realidade demonstra”, escreveu a PGR. O ex-deputado cassado tenta um habeas corpus no âmbito da Operação Sépsis, que investiga desvios no Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS), administrado pela Caixa Econômica Federal.

Por que é importante
Em junho, Cunha foi condenado no caso a 24 anos e 10 meses de reclusão
Quem ganha
O MPF, responsável pela denúncia contra o ex-deputado
Quem perde
O político, que está preso desde outubro de 2016

Envie seu comentário

18 + dois =